A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga denúncias de compra de votos de deputados e senadores promove reunião administrativa, a partir das 11h30, no Senado (sala 6 da ala Senador Nilo Coelho). Em pauta, análise de documentos, discussão de assuntos internos e votação de requerimentos sobre a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico de pessoas envolvidas no suposto esquema de pagamento de mesada a parlamentares da base aliada.

Amanhã (18), os membros da CPMI vão ouvir o tesoureiro licenciado do PT, Delúbio Soares. O depoimento estava previsto para hoje, mas foi adiado a pedido do depoente, que alegou cansaço depois de participar de uma longa reunião da Comissão de Ética do partido, realizada ontem (16) em São Paulo.