Os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito Mista que analisa a remessa ilegal de dinheiro para o exterior pelas contas CC-5, a
chamada CPI do Banestado, se reúnem amanhã (8), às 10 horas, para ouvir funcionários dos Ministérios das Relações Exteriores e da Justiça. Os parlamentares querem informações sobre a finalidade da criação dessa espécie de conta. Segundo denúncias do Ministério Público Federal, pelas contas CC-5 teria havido a remessa irregular de mais de R$ 30 bilhões.