Em sessão administrativa realizada, nesta quarta-feira, a CPI dos Correios remarcou para a próxima terça-feira, às 11h30, o depoimento do ex-diretor do Banco Popular, Ivan Guimarães.

O depoimento estava marcado para esta quarta-feira, mas ontem à noite Guimarães enviou ofício à comissão, alegando que não havia sido convocado com a antecedência legal de 48 horas e, portanto, não tinha como se deslocar, a tempo, de São Paulo para Brasília.

Nesta quinta-feira, a CPI vai tomar depoimento do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato. Antes disso, às 9 horas, fará uma sessão administrativa.