O sub-relator de Finanças da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios, deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), deve entregar, ainda nesta segunda-feira, ao Ministério Público Federal o levantamento da quebra dos sigilos telefônicos de pessoas e empresas realizado por técnicos da comissão. Segundo Fruet, mais de 1 milhão de ligações telefônicas foram catalogadas pelo Serviço de Processamento de Dados do Senado (Prodasen).

Os mesmos dados já foram entregues à Polícia Federal pela CPMI no úlitmo sábado. Gustavo Fruet disse que os dois órgãos têm sistemas próprios para cruzar informações, o que deve acelerar a apuração. O sub-relator afirmou ainda que a Polícia Federal deve concluir o levantamento em, no máximo, duas semanas.

A CPMI dos Correios cancelou todos os depoimentos previstos para esta semana. O objetivo da comissão, segundo Fruet, é analisar os documentos que estão na comissão.