O presidente da CPMI das Sanguessugas, deputado Antonio Carlos Biscaia, anunciou há pouco que integrantes da comissão vão na próxima quarta-feira (28) à Policia Federal, à Procuradoria-Geral da República e à Controladoria-Geral da União para solicitar o envio dos documentos relativos às investigações sobre o esquema de fraude em licitações para a compra de ambulâncias superfaturadas por prefeituras.

Biscaia informou que, logo após o envio dos documentos, a CPMI definirá o roteiro de trabalhos. Ele reafirmou que o foco da comissão será a análise da documentação obtida nas investigações já realizadas pela PF e pelo Ministério Público e não os depoimentos de supostos envolvidos.