A confiança no retorno de Mineiro só aumenta com o passar dos dias. O silêncio do volante desde que anunciou que não ficaria no São Paulo anima a diretoria, a comissão técnica e os jogadores do clube do Morumbi. O assunto só é tratado com cautela porque nada impede que uma proposta tentadora chegue até dia 31 de janeiro, quando fecha o mercado europeu, e o jogador vá realmente embora

"Está aumentando o coro para o Mineiro ficar. Precisamos ter paciência porque acho que deve dar certo. Temos experiência neste tipo de situação. Se tivesse algo grande, ele já teria fechado", disse o técnico Muricy Ramalho

Mineiro recusou a proposta de renovação de contrato por mais quatro anos com o São Paulo dizendo que preferia jogar no futebol europeu. Mas, como não anunciou o time que jogará, a especulação é que ele ainda aguarda uma boa proposta do exterior