O senador Cristovam Buarque, eleito pelo PT do Distrito Federal, filiou-se, nesta sexta-feira, ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). A filiação aconteceu há pouco, em uma cerimônia na sede da legenda, em Brasília.

Além de Cristovam, entraram no PDT três deputados. Sérgio Miranda ? eleito pelo PcdoB-MG ?, André Costa ? que assumiu na vaga do petista Lindberg Farias, que assumiu a prefeitura de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro ? e Wagner Lago, eleito pelo PP do Maranhão.

O senador Cristovam Buarque disse que está à disposição do PDT para ser candidato à presidência da República no ano que vem, "por uma frente de esquerda". PDT e PPS vinham negociando a filiação do ex-petista para que fosse candidato em 2006.

Cristovam afirmou que acredita na recuperação do PT, mas acha que será um processo que "levará de cinco a dez anos e a população não pode esperar por isso tanto tempo". Estavam presentes à cerimônia de filiação o presidente nacional do partido, deputado Carlos Lupi (RJ), o prefeito de Campinas, Doutor Hélio (PDT), e o senador Paulo Octavio (PFL-DF).