Como reforço ao pedido de isolamento social por causa do novo coronavírus, 11 parques de Curitiba e região metropolitana tiveram os estacionamentos fechados e a circulação de veículos restrita nesta sexta-feira (27). Quinta-feira (26), o Parque Barigui, o maior da cidade, já estava com os estacionamentos bloqueados. A medida reforça ainda mais o pedido das autoridades para que as pessoas fiquem em casa, já que, o movimento nos parques da cidade chegou a aumentar nos últimos dias.

LEIA TAMBÉMPaciente suspeito de coronavírus é perseguido ao fugir de UPA na RMC

A restrição começa a valer nesta sexta no parques São Lourenço, Bacacheri, Tanguá, Atuba, Vilinha do Atuba, Parque Náutico, Lago Azul, Peladeiros e Tropeiros. Placas de sinalização foram colocadas em lugares com maior movimento dos parques, na tentativa de evitar aglomerações como prevenção a Covidi-19.

Os acessos aos estacionamentos estão cercados por faixas demarcatórias da Defesa Civil do estado. Agentes da Guarda Municipal estão orientando a pedir para as pessoas retornem para suas casas após a atividade física.

Quinta-feira (27), mesmo com os estacionamentos fechados, muitas pessoas resolveram fazer exercícios no Parque Barigui. alto movimento no parque contraria os pedidos do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e também do governador do estado, Ratinho Jr., e de todas as autoridades sanitárias, que enfatizam a importância da população de continuar em casa para reduzir o risco de contágio da doença.

Quinta-feira, além de idosos, grupo mais preocupante de contrair covid-19, muitas família com crianças foram vistas caminhando na pista do Barigui. O setor mais preocupante era o da academia ao ar livre, que é justamente a área mais perigosa para o contágio do parque. Os aparelhos compartilhados estavam lotados.

Outros parques

Domingo (22), a prefeitura já havia determinado o fechamento do Bosque Reinhard Maack, na Vila Hauer, Bosque do Papa, Memorial Ucraniano, Passeio Público e Zoológico para evitar aglomerações.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: