Mesmo no final de semana, a greve dos caminhoneiros continua impactando a vida de todos os brasileiros. Em Curitiba, no sexto dia de paralisação, neste sábado (26), o problema da falta de combustíveis foi amenizado com a chegada de caminhões-tanque a alguns postos. No entanto, ainda há algumas preocupações, como a falta de gás de cozinha:

Postos com combustível

Pelo menos três postos de Curitiba foram reabastecidos, mas, pelo enorme volume da procura, não deverão manter os estoques por muito tempo. Eles estão localizados nos bairros Mercês, Guabirotuba e Água Verde.

Ônibus garantido

Quem também recebeu uma grande remessa de combustível foram as empresas de ônibus de Curitiba. A entrega foi realizada na madrugada deste sábado, com escolta da Guarda Municipal. Com isso, a Prefeitura garante que os ônibus vão circular normalmente na segunda-feira.

Aeroporto reabastecido

Durante a madrugada de sábado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também fez escolta de caminhões-tanque. Desta vez, o destino era o Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Falta gás

No entanto, ainda há preocupação com o recebimento de alguns produtos, como o gás de cozinha. A Associação Brasileira de Entidades de Classe das Revendas de Gás LP (Abragás) confirmou neste sábado que acabou definitivamente o estoque em Curitiba.

5º dia de greve dos caminhoneiros teve fogo, paralisação e tanques vazios. Veja como foi!