A manhã desta quinta-feira (21) começou agitada em Paranaguá e Matinhos, no Litoral do Paraná, com uma ação da Polícia Civil (PCPR) para cumprir 66 mandados judiciais contra integrantes de organização criminosa de tráfico de drogas e homicídios. Até um helicóptero “Esquilo” foi usado na ação. A PCPR não informou quando os trabalhos vão terminar.

Segundo a PCPR estão sendo cumpridos 22 mandados de prisão preventiva e 44 de busca e apreensão. A ação faz parte de uma força-tarefa da polícia que visa combater organizações criminosas envolvidas em homicídios,  tráfico de drogas e outros crimes relacionados.

+ Leia mais: Ação quer proibir que curitibano perca crédito vencido no cartão de ônibus. R$ 43 milhões serão revertidos

Os mandados estão sendo cumpridos simultaneamente em Paranaguá e Matinhos. Mais de 100 policiais civis estão participando. 

A PCPR informou que “chegou até os indivíduos após investigações de alta complexidade, iniciadas após homicídios ocorridos na região durante os anos de 2020 e 2021”.

Apoio aéreo

Conforme a PCPR, o modelo do helicóptero utilizado pela PCPR é o AS350 B2, popularmente conhecido por “Esquilo”. O vídeo gravado pela PCPR mostra o helicóptero decolando.

Ainda segundo a PCPR, a finalidade do apoio aéreo nesta ação é “auxiliar no cumprimento das ordens judiciais e o trabalho policial em solo, já que a cobertura do perímetro é maior, além da aeronave contar com a ferramenta ‘night sun‘ ou sol da noite, que permite a iluminação de uma área superior a um campo de futebol”.

Web Stories

Pega Pega

Sérgio avisa a Erica que o juiz o liberou sob fiança

Conhece?

Bosques de Curitiba são ótimas opções de passeios

Império

Vicente pede Maria Clara em casamento

6 boas dicas!

Quer emagrecer de graça em Curitiba? É possível!