Um acidente de trânsito na noite desta quarta-feira (10) causou a morte de uma gerente bancária de 38 anos, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O condutor do veículo BMW Z4 foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e irá responder por três crimes, inclusive embriaguez ao volante. A vítima estava no banco do passageiro.

LEIA TAMBÉM ‘Ana Catadora’: professora de Curitiba viraliza ao criar perfil para dar dicas sustentáveis

Segundo informações da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), o acidente ocorreu às 22h30, no Contorno Sul, sentido São José dos Pinhais. A BMW teria batido em outro carro, perdido o controle e na sequência capotado várias vezes parando na Avenida Juscelino Kubitschek.

A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Um homem, que estaria na condução do carro, foi questionado pelos agentes da PRF do acidente, mas demonstrou incoerência nas respostas e chegou a afirmar que não seria o motorista. No exame do bafômetro, foi constatado o uso de bebida alcoólica. Ele ainda estava sem a carteira de habilitação.

O motorista foi conduzido para a Dedetran, onde passou a noite detido. O delegado Leonardo Carneiro informou que o rapaz vai responder por crimes como homicídio culposo, embriaguez ao volante e a falta da CNH. “Ele foi autuado em flagrante e negou que estivesse na direção. No entanto, ele não soube explicar porque a mulher estava no banco do passageiro num veículo para dois ocupantes. Fora outras coisas que entrou em contradição, tudo leva a crer que ele era o motorista”, disse o delegado.

A família da gerente esteve nesta manhã desta quinta-feira (11) na delegacia até para informar que ela nunca dirigiu o carro importado.