A prefeitura de Curitiba divulgou que os abrigos mantidos pela administração municipal tiveram recorde de acolhimentos pela segunda noite consecutiva na noite de terça (29) para quarta-feira (30), a mais fria do ano na capital – a temperatura mínima chegou a -1ºC e a sensação térmica, a -2ºC. Foram 1.090 pessoas acolhidas nas unidades mantidas pela Fundação de Ação Social (FAS), enquanto na noite de segunda (28) para terça, 1.088 pessoas foram abrigadas pela prefeitura, maior marca no ano até então.

LEIA TAMBÉM:

>> Geada forte em Curitiba e lago do Barigui “congelado” nesta quarta-feira, com sensação térmica de -2ºC

>> Cachorros e gatos também sofrem com o frio; veja como proteger a saúde do seu pet

Segundo a prefeitura, desde o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020, a média diária de acolhimentos nas unidades oficiais municipais tem sido de 800 pessoas, mas com a chegada do frio, o número passa de mil por dia. Dos atendidos, 287 procuraram o serviço na noite passada espontaneamente. Outras 311 pessoas foram encontradas pelas equipes da FAS nas ruas e levadas para os espaços da fundação. As demais pessoas abrigadas durante a noite já são atendidas diariamente nas unidades do município.