Adidas distribuindo kits de produtos de graça? É GOLPE. Muita gente caiu na lábia de golpistas e ao seguir as orientações de uma postagem no Instagram pode ter cedido todos seus dados para criminosos do mundo virtual. Rapidamente o perfil @adiddasinfluenciadores fez disseminar entre os internautas a mensagem que prometia recompensar quem divulgasse a marca.

A empresa emitiu um comunicado dizendo que não tinha nenhuma promoção do tipo, alertando para a possibilidade de golpe. Na nota a multinacional especializada em artigos esportivos disse estar tomando as medidas necessárias para punir os responsáveis e reforça que se comunica exclusivamente por seu canal oficial @adidasbrasil.

+ Leia também: Leilão do Hospital Evangélico é anulado e comprador vai pagar multa

O advogado Guilherme Guimarães, especialista em Direito Digital e Segurança da Informação, explicou que esse tipo de golpe é conhecido tecnicamente como “phishing”, uma estratégia de engenharia social para envolver e atrair o internauta para um perfil ou site para que ele compartilhe informações confidenciais. “No caso de uma rede social como o Instagram, o principal objetivo pode ser aumentar rapidamente o número de seguidores. É uma forma de valorizar aquele perfil e depois vendê-lo para alguém que tenha um objetivo comercial na rede”, comenta.

Para não ser enganado por contas e perfis fakes, o advogado orienta que uma técnica simples é checar o site oficial do produto e, a partir dali, acessar o perfil das redes sociais para conferir qual é a conta verdadeira. Outra possibilidade é a partir da conferência do selo de verificação que acompanha as marcas famosas nas redes sociais e até mesmo perfis de pessoas públicas, como celebridades. “As estratégias para enganar o internauta vêm se aprimorando, é necessário atenção redobrada”, enfatiza o advogado.

Avião do Atlético: empresa e prefeitura de Chapecó divergem sobre cancelamento