O jantar de um garoto de 17 anos dentro de casa foi interrompido a tiros na noite de quinta-feira. Jonathan dos Santos Vilks foi morto com 13 tiros.

A tia e o primo dele estavam no quarto quando ouviram os disparos dentro da casa, que fica na Rua 03, Vila União, no Uberaba, pouco depois das 22h. Eles se trancaram no local e quando perceberam que a casa estava em silêncio, abriram a porta e encontraram Jonathan morto. O garoto estava sentado no sofá da sala, jantando e assistindo televisão.

Ele foi atingido por seis disparos no rosto, um nas costas, três no braço, um no peito e dois no ombro. Marcas de tiro ainda foram encontradas na porta dos fundos da casa e no forro. Nenhuma cápsula, entretanto, ficou pelo chão, indicando que os assassinos podem ter usado mais de um revólver.

A tia declarou à polícia que Jonathan trabalhava como servente de pedreiro e não tinha inimizades. A Delegacia de Homicídios investiga o crime.