Um advogado é alvo de operação da Polícia Civil em Curitiba nesta quarta-feira (4). Ele é suspeito de aplicar golpes financeiros em uma família e em investidores.

Os crimes investigados são furto qualificado, apropriação indébita e estelionato. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e sequestro de bens. Não foi emitido pela Justiça mandado de prisão.

Foram apreendidos dois veículos de luxo, além do bloqueio de R$ 1,5 milhão das contas do advogado. Entre os veículos apreendidos, está um Hummer H3, cujo valor não é menor do que R$ 200 mil.

LEIA TAMBÉM – Paraná oficializa concurso de PMs e Bombeiros com 2,4 mil vagas

De acordo com a investigação da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), o advogado procurou uma família herdeira de bens avaliados em aproximadamente R$ 40 milhões. Ele teria dito que um grupo de investidores estava interessado em adquirir alguns imóveis do espólio da família.

Só um prédio da família vendido, mas que não teve o dinheiro repassado à família, conta com 100 apartamentos e rende cerca de R$ 150 mil de aluguéis. Entretanto, ele não repassou o valor da negociação aos herdeiros.