Em pesquisa recente realizada pela AirHelp Score, especialista mundial em direitos dos passageiros aéreos, o Aeroporto Afonso Pena é apontado como o quarto melhor do mundo, entre 132 aeroportos de 30 países nos quais a empresa atua.

Segundo a AirHelp Score, o Aeroporto Internacional Hamad, no Catar, é o melhor mundo, com nota final de 8,39; seguido pelo Aeroporto Internacional Tóquio Haneda, no Japão com 8,39; e pelo Aeroporto Internacional de Atenas, na Grécia, que recebeu a nota 8,38. O Aeroporto Internacional Afonso Pena recebeu nota final de 8,37.

A seleção foi feita entre os mais conhecidos e os mais movimentados do mundo. Os critérios usados na pesquisa foram pontualidade, responsável por 60% dos pontos, reunindo estatísticas relativas à partida e chegada de todos os aviões; qualidade do serviço e qualidade do varejo, cada um com peso de 20% na avaliação. Nessas categorias, o Afonso Pena recebeu 8,4 pontos, para pontualidade de voos, 8,4 para qualidade de serviço e 8,3 em qualidade de varejo.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Só mais um brasileiro

A AirHelp Score é a maior especialista mundial em direitos dos passageiros aéreos. Atua em mais de 30 países e auxiliou mais de 10 milhões de viajantes nos últimos seis anos. Cerca de 40 mil usuários contribuíram com a pesquisa, que contou com a participação de cerca de 2,5 mil brasileiros.

O Brasil é o único país a ocupar duas posições na lista dos dez mais bem avaliados; no ranking geral. O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, ficou em 10º lugar.

+Leia também: Expulsos de ambulância, cachorros correm até UPA pra não abandonar o dono

Notícia boa para a região

Apesar de o aeroporto estar localizado no município de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana, a notícia foi comemorada pela Prefeitura de Curitiba. “A escolha do Aeroporto Afonso Pena como o quarto melhor do mundo é muito importante pois reflete a percepção dos usuários e ajuda a divulgar internacionalmente o destino Curitiba”, avalia Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

Rodovias do Paraná vão ganhar mais pedágios em nova concessão federal