Reclamações sobre a dificuldade de se conseguir uma vaga agendada para fazer a 1.ª ou a 2.ª via do registro geral (RG), em Curitiba, tomaram conta das redes sociais após a Polícia Civil do Paraná (PCPR) retomar o agendamento online na segunda-feira (9). O serviço para pedir o documento com hora marcada, que é feito pelo site www.policiacivil.pr.gov.br, estava paralisado por causa da pandemia de coronavírus (covid-19). O problema, porém, é que muitas pessoas não estão conseguindo agendar o serviço.

A PCPR diz que as dificuldades nos agendamentos são apenas pontuais e pede ao cidadão que “insista mais um pouco” até conseguir um horário ou entre em contato com a Ouvidoria da PCPR para informar qualquer inconsistência. No site, é possível ter acesso às cidades que já estão com o serviço de agendamento liberado.

Um dos vários comentários postados no Facebook da Tribuna, logo abaixo da matéria sobre a liberação dos agendamentos pela internet, brinca que “[…] Estava mais fácil ser cidadão britânico, do que fazer a segunda via do RG”. Outro pede ajuda citando a página do prefeito Rafael Greca (DEM) nos comentários: “dá uma força aí. Uma cidade modelo não conseguir emitir um RG é complicado”. 

Teve também quem relembrasse nos comentários um problema crônico que ocorria com o site de agendamento, que era a obrigatoriedade de se fazer a solicitação do RG em apenas um horário definido para o acesso, o das 9h. Ou seja, só era possível entrar no sistema nesse horário, depois o acesso ficava bloqueado e não oferecia mais vagas. “Tem anos que estou tentando fazer a 1.ª via do meu filho. É uma vergonha! Já entrei em milhares de horários que dizem ter liberação de agenda e nada”, escreveu uma leitora da Tribuna. Atualmente, o sistema não conta mais com horário fixo para acesso.

Segundo o delegado e diretor do Instituto de Identificação do Paraná, Marcus Michelotto, qualquer inconsistência na questão do agendamento deve ser comunicada pelo cidadão através dos canais da Ouvidoria. “Mas os sites têm funcionado muito bem. Nós estamos em contato direto com servidores da Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), com os nossos técnicos do Instituto de Identificação e, qualquer inconsistência que aconteça, ela é bem passageira e logo administrada aqui pelo nosso pessoal”, garante Michelotto.

+Leia mais! Câmara rejeita voto impresso, esvazia discurso e impõe derrota a Bolsonaro em dia de blindados

Ainda de acordo com o diretor, “é só insistir um pouco mais e, os que terão algum tipo de dificuldade, logo, logo poderão fazer o procedimento de forma bem tranquila. O cidadão pode fazer o agendamento da primeira e da segunda via ou iniciar, também, o procedimento da segunda via fácil”. 

Segundo a PCPR, neste primeiro momento, o agendamento retornou apenas às grandes cidades do Paraná. No momento do agendamento, é possível ver quais cidades já estão com o sistema liberado. Ainda conforme a PCPR, a cada semana, o número de cidades será ampliado. Onde não há agendamento on-line, o cidadão deve se dirigir pessoalmente aos postos de Identificação.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia