Metade dos 84 deputado paranaenses (entre federais e estaduais, trocou de partido durante a janela partidária, encerrada às 23h59 da última sexta-feira (1º). Ao todo, 30 dos 54 deputados estaduais e 12 dos 30 federais migraram de legenda visando as eleições de outubro.

As mudanças de sigla alteraram significativamente a distribuição de forças políticas no estado e consagraram o PSD, do governador Carlos Massa Ratinho Junior, como o maior partido do Paraná. O partido filiou nada menos que três deputados federais e 12 deputados estaduais e, mesmo perdendo um parlamentar, chega a sete representantes na Câmara dos Deputados e incríveis 15 na Assembleia Legislativa.

+ Leia mais: Secretários de saúde Beto Preto e Márcia Huçulak candidatos em outubro? Entenda!

Quem também fez muito bem o trabalho de recrutamento durante a janela partidária foi o PP. O partido presidido pela deputada estadual Maria Victória teve um saldo de mais dois deputados federais e três estaduais, chegando a quatro parlamentares em Brasília e seis no centro cívico de Curitiba.

Mesmo ganhando apenas um deputado estadual no período, o PT torna-se o partido com a terceira maior bancada: três deputados federais e cinco estaduais, beneficiado por debandadas em partidos como o PSB, o PSC e o União Brasil. Empatado com o PT do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está justamente o PL, do presidente Jair Bolsonaro, com exatamente o mesmo número de parlamentares. O partido ganhou três deputados estaduais.

+ Veja também: Pinhão tem colheita e venda liberadas no Paraná, desde que maduro

Os partidos que mais sofreram na janela foram o PSC e o PSB. Ambos perderam seis parlamentares. O PSC, com isso, ficou sem representantes nos dois órgãos do Poder Legislativo, enquanto o PSB perdeu seus cinco deputados estaduais e um deputado federal, ficando com apenas um parlamentar na Câmara dos Deputados. O PV perdeu seus quatro parlamentares, mas filiou um novo deputado federal. PTB e Patriota perderam seus dois deputados (um estadual e um federal cada) e ficaram sem representação no parlamento. O Podemos também não tem mais nenhum deputado, mas mantém seus três senadores.

PartidoDeputados federaisDeputados estaduais
PSDLeandre, Luisa Canziani, Luiz Nishimori, Sandro Alex, Sargento Fahur e VermelhoAdemar Traiano, Adelino Ribeiro, Alexandre Curi, Artagão Junior, Cobra Repórter, Evandro Araújo, Francisco Bührer, Luiz Claudio Romanelli, Paulo Litro, Pedro Paulo Bazana, Rodrigo Estacho, Tercílio Turini, Márcio Nunes e Tiago Amaral
PPChristiane Yared, Osmar Serraglio, Pedro Lupion e Ricardo BarrosGalo, Guto Silva, Luiz Carlos Martins, Maria Victória, Soldado Adriano José e Tião Medeiros
PTEnio Verri, Gleisi Hoffmann e Zeca DirceuArilson Chiorato, Luciana Rafagnin, Professor Lemos, Requião Filho e Tadeu Veneri
PLFilipe Barros, Giacobo e Paulo MartinsDelegado Jacovós, Gilberto Ribeiro, Gilson de Souza, Marcel Micheletto e Ricardo Arruda
União BrasilFelipe Francischini e Ney LeprevostDr. Batista, Elio Rusch, Luiz Fernando Guerra, Nelson Justus, Mauro Moraes, Nelson Luersen, Plauto Miró e Reichembach
RepublicanosAroldo Martins e Diego GarciaAlexandre Amaro, Cantora Mara Lima, Delegado Fernando, Homero Marchese e Marcio Pacheco
MDBHermes Parcianello e Sergio SouzaAnibelli Neto e Nereu Moura
ProsAline Sleutjes e Toninho WandscheerBoca Aberta Junior e Soldado Fruet
PSDBValdir RossoniCristina Silvestri, Mabel Canto e Michele Caputo
PDTGustavo FruetGoura
CidadaniaRubens BuenoDouglas Fabrício
PVAliel Machado
PSBLuciano Ducci
SolidariedadeLuizão Goulart
DCCoronel Lee
PSC
PTB
Patriota
Podemos
Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.