A noite de bar em bar acabou em tragédia para um homem, de aproximadamente 50 anos, na madrugada desta terça-feira (17). O crime aconteceu por volta das 3h, na Rua Eunice Bettini Bartoszeck, Uberaba. Moradores ouviram gritos e pedidos de socorro, mas, quando saíram para ver o que havia acontecido, nada puderam fazer para salvá-lo.

O homem, que não foi identificado, mas estava com uma camiseta cinza, de uma empresa de logística e transporte, foi morto com mais de 15 facadas. Pelo corpo, vários golpes apontavam à polícia sinais de que ele havia tentado se defender das facadas.

No local, os policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) tentaram buscar por qualquer elemento que pudesse ajudá-los nas investigações. Por estar escuro e por não haver câmeras de segurança em casas próximas, identificar os autores vai ser ainda mais difícil.

Relatos ainda não confirmados pela polícia dão conta de que o homem teria passado a noite em alguns bares da região. Moradores acreditam que ele possa ter bebido demais e se envolveu em uma briga ou foi assaltado e morto pelo bandido.

O que chamou a atenção da polícia é que o homem, além de estar uniformizado, estava sem a carteira com os documentos e dinheiro. A falta dos documentos leva os policiais a acreditarem que o assassino possa ter assaltado o homem antes de matá-lo, mas os investigadores explicam que a identificação da vítima é importante para que a sequência das investigações apontem outras informações, inclusive sobre o que pode ter acontecido.

Informações sobre o crime podem ser passadas pelo disque-denúncia da DHPP, pelo 0800-6431-121.