Nesta terça-feira (05), a Prefeitura de Araucária encaminhou um projeto de lei à Câmara Municipal para estabelecer a gratuidade no sistema de transporte coletivo local (TRIAR) a todos os universitários de instituições públicas e também àqueles beneficiados com PROUNI, FIES e SISU.

Até agora, a gratuidade no TRIAR era oferecida da educação infantil ao ensino médio de instituições públicas do município. O projeto vinha sendo elaborado pela Prefeitura desde 27 de junho e, agora, será analisado e votado pelos vereadores, conforme programação a critério da Câmara.

+ Viu essa? Araucária provoca capivara de Curitiba sobre aumento na tarifa de ônibus. “Vai pro Barigui fazer umas selfies”

Nos últimos anos, o município de Araucária tem sido citado nacionalmente como referência em melhorias no transporte coletivo pela sequência de sete reduções da tarifa (hoje em apenas R$ 1,50) e também por outros benefícios e gratuidades oferecidos à população. Para a Prefeitura, a melhoria de qualidade e de acesso ao transporte coletivo é um direito que dá acesso a outros direitos fundamentais, incluindo o apoio necessário à educação de crianças, jovens e adultos.

Segundo a assessoria da prefeitura, é sabido que situações de crise econômica, por exemplo, podem colocar as pessoas (e famílias) em situação de vulnerabilidade e, por isso, dentro do que é possível, o município trabalha para minimizar esses efeitos. 

No caso do ensino superior, para muitos universitários, o custo de transporte até a instituição é um fator decisivo na definição de continuar os estudos. “A gratuidade oferecida pela Prefeitura é um estímulo a que essas pessoas possam realizar sonhos e crescerem profissionalmente, algo que tem impacto positivo direto no desenvolvimento do município”, diz a nota.

+ Veja mais: Parque Vila Velha promove atrações com voo de balão no Madalosso

Dados do Governo Federal indicam que Araucária possui 1.539 universitários vinculados ao FIES, PROUNI ou SISU que residem no município ou estudam em Araucária.  

Gratuidades

O município de Araucária conta com uma ampla lista de isenções como forma de dar suporte a diferentes situações. Cerca de 30% de todos os usuários do sistema de transporte coletivo local contam com gratuidade. Isso inclui os milhares de estudantes de instituições públicas, os pais que levam seus filhos (até 12 anos) para a escola, os participantes de cursos profissionalizantes da Secretaria de Trabalho e Emprego, os inscritos em atividades esportivas da Secretaria de Esporte e Lazer e os participantes de cursos da Secretaria de Cultura e Turismo e de projetos da Assistência Social.

+ Veja também: Sopa, com costela ou sorvete! Festival do Pinhão movimenta São José dos Pinhais

Todas as gratuidades ocorrem com uso do cartão TRIAR. O uso do cartão possibilita ainda a integração ponto a ponto, integração temporal e gratuita entre linhas do TRIAR fora dos terminais – nos pontos de ônibus. O cartão também possibilita a gratuidade aos usuários aos domingos. 

Todos os ônibus do sistema contam com sinal de internet grátis. O sistema de transporte que, em 2017, transportava cerca de 32 mil usuários ao dia, no início de maio chegou ao pico de 59 mil em um único dia. Atualmente, a tarifa está em apenas R$ 1,50. Se a Prefeitura não tivesse realizado a sequência de reduções é provável que a tarifa estivesse seguindo o valor da tarifa metropolitana (hoje em R$ 5,50).

O usuário de Araucária pode fazer integração gratuita com as linhas metropolitanas (para Curitiba, Fazenda Rio Grande…) em qualquer um dos dois terminais da cidade. Essa integração também é custeada pela Prefeitura.

A emissão do cartão TRIAR ocorre no Terminal Central de Araucária (rua Presidente Carlos Cavalcanti, nº 356, Centro), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas.

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.