Um projeto de lei aprovado pelos vereadores de Araucária, região metropolitana de Curitiba, vai regulamentar um espaço para motociclistas poderem fazer manobras com suas motos. O projeto de lei aprovado na Câmara em segunda votação, na semana passada, deve permitir, por exemplo, que um local específico possa ser usado para empinar a moto e realizar outras peripécias sem infringir as leis de trânsito.

A modalidade esportiva é conhecida como wheelie – ou wheeling ou stunt –, que do inglês pode ser traduzida para as acrobacias feitas pelo piloto ao “dar um grau” na moto.

+ Leia mais: Hemepar pede doações de sangue; unidades abrem em todo o Paraná nesta segunda-feira

Conforme explica o vereador que propôs o projeto, Ricardo Teixeira (PSDB), a lei é polêmica, mas deve permitir que a prática do wheelie saia da clandestinidade das ruas para ser praticada com segurança na cidade. “Sei que é uma lei polêmica, algumas pessoas não entenderam. Mas, através dessa lei, a gente vai poder tirar a pessoa da rua, onde está praticando da forma errada, para que ele tenha um local correto, principalmente com segurança”, disse Teixeira ao jornal Meio Dia Paraná, da RPC.

O presidente da Federação Paranaense de Wheeling, Everton Moreira, defendeu a iniciativa de criar a chamada “Rua do Grau” e também ressaltou a questão da segurança do piloto e dos cidadãos. “Se você tem a opção de ter um espaço, você pode praticar com mais segurança, com todos os protocolos que as normas da federação impõem para quem pratica. Nas ruas têm um risco imenso. Um risco de acidente, de colocar a vida de outras pessoas em risco”, apontou.

+ Leia também: Como pedir aumento de salário e cinco dicas para te ajudar a conseguir!

Embora tenha sido aprovado em segunda votação, ainda não há detalhes sobre o projeto da “Rua do Grau”, nem o local que será destinado para o wheeling, como será a fiscalização ou quem poderá praticar. Isso só deve ocorrer após a avaliação da prefeitura de Araucária. A prefeitura disse que ainda vai analisar o projeto, mas não informou uma data.

Conforme o Código Trânsito em vigência, realizar manobras arriscadas com o veículo fora de local adequado é uma infração grave, que cabe multa e apreensão da motocicleta.