O sábado (3) foi de trabalho pesado para as equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), em Curitiba. Mais de 500 pessoas estavam em aglomerações na cidade, em apenas uma festa junina havia mais de 200 pessoas juntas no mesmo local. A capital paranaense segue em bandeira laranja, mas flexibilizou na quarta-feira (30) algumas medidas no combate à covid-19, mas segue proibido reuniões festivas com mais de 50 pessoas.

LEIA TAMBÉMCuritiba bate recorde de vacinação e cancela próximas imunizações para público geral

De acordo com os agentes da Aifu, a festa junina acontecia em uma chácara na Rua Odin de Oliveira Pacheco, no bairro Lamenha Pequena, em Curitiba. O “arraiá do coronavírus” foi montado com bandeirinhas, barracas com comidas típicas de festa junina e música sertaneja. Grande parte das pessoas estavam sem máscaras de proteção e tentaram burlar a saída do local para não serem detidas pela polícia. A denúncia da festa partiu de uma ligação anônima. O proprietário foi notificado e recebeu multa de R$ 50 mil.

Outras irregularidades

Equipes da Aifu flagraram aglomerações de pessoas durante a operação deste sábado (3) em Curitiba. Foto: PMPR

Os agentes municipais que acompanharam a operação no sábado lavraram 18 autuações administrativas. Ao todo, as equipes policiais abordaram oito estabelecimentos comerciais e cinco acabaram interditados.  As ações ocorreram nos bairros Seminário, Cidade Industrial de Curitiba, Lindóia, Xaxim, Sitio Cercado, Guabirotuba, Alto da XV, Batel, Cabral, Cajuru, Uberaba e Boqueirão. 

VIU ESSA? Clubes baixam preços de títulos para atrair novos sócios e se reinventam na pandemia

Nos locais abordados, 41 veículos foram vistoriados, sendo três recolhidos ao pátio por pendências administrativas. Foram lavrados 22 autos de infração de trânsito.