Obras de asfalto estão sendo executadas em 13 ruas do bairro Campo de Santana, na Regional Tatuquara, em Curitiba. As ações fazem parte do programa Asfalto no Saibro, da Prefeitura de Curitiba, que atualmente está na 6ª etapa, e implanta asfalto em ruas de pavimento primário, sem infraestrutura.

LEIA TAMBÉM:

>> Por apenas uma dezena morador de Curitiba não leva R$ 60 milhões

>> Atriz curitibana Guta Stresser é diagnosticada com esclerose múltipla: “Aterrorizante, tive muito medo”

>> Obras de grande porte deixam milhares de curitibanos sem água nesta semana; Veja!

Antes de serem asfaltadas, as vias ganham sistema de drenagem completo, com construção de galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio. As obras são coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

De acordo com o secretário Rodrigo Araújo Rodrigues, a nova configuração das ruas traz um ganho substancial na qualidade de vida das pessoas. “Além do conforto e segurança para ir e vir, os moradores ganham também qualidade de vida porque não precisam mais conviver com poeira, buracos e lama”, avaliou.

Fim dos buracos e da poeira

Na Rua Joana Roncaglio Bertoldi os trabalhos já estão bem adiantados e os moradores comentam a expectativa gerada pela reurbanização. “Aqui a gente convivia com muitos buracos, principalmente depois das chuvas, e a poeira também incomodava bastante. Não dava para abrir as janelas”, relatou o aposentado Celso Nunes, 71 anos, que há 10 anos reside no local. “Agora vai ficar muito bom, não teremos mais este problema”, prevê.

A Rua Joana Roncaglio Bertoldi passará por requalificação ao longo de 666m de extensão. A jovem Sara Marcondes, 20 anos, mora na mesma rua e fala sobre a reestruturação. “Tinha muito barro e buracos, principalmente quando chovia. Agora a rua vai ficar muito boa, além de valorizar a nossa casa”, pontuou.

Outra rua que está recebendo benfeitorias é Rogério Zaga do Amaral. Os trabalhos ali estão realizando ao longo de 997m da via e trouxeram novo ânimo aos moradores. O operador de máquinas Samuel Rodrigues Ferreira, 23 anos, que mora há dois anos ali, explicou que a requalificação da rua melhorou até na questão da segurança.

“Tinha um pedaço da rua que havia sofrido erosão e a vizinha quase caiu com o carro no córrego. Com as obras, a rua se tornou mais larga, dando mais segurança para motoristas e pedestres. Está ficando muito bom”, elogiou Samuel Rodrigues.

Foto: Levy Ferreira/SMCS

Mais pavimentação

Também estão passando por requalificação no bairro Campo de Santana as seguintes ruas:

Rua Gilmar Nicco (166m)

Rua Aguinardo Augustinho (127,5m)

Rua Albino Novakowski (203,5m)

Rua Domingos Bueno do Amaral (276,5m)

Rua Estefano Fialla (196m),

Rua Francisca Veiga do Amaral (268m)

Rua Francisco de Assis Lauriano Leme (128,5m)

Rua Jarbas Veiga do Amaral (227m)

Rua Lido Dall Agnol (84,5m)

Rua Maria Luzardi Bertoldi (565,5m)

Rua Aretuza Machado de Andrade (2.021m)

Saibro está sumindo do Tatuquara

Foto: Levy Ferreira/SMCS

Criado em 2018, o programa Asfalto no Saibro tem ações espalhadas por toda a cidade. Na Regional Tatuquara, que abrange os bairros Tatuquara, Campo de Santana e Caximba, já foram implantados 25,9 km de asfalto em ruas de saibro.

Em toda cidade, nesta primeira fase da sexta etapa do programa Asfalto no Saibro serão realizadas 63 intervenções que vão garantir a requalificação de 61 ruas em dez bairros, somando 21 km de asfalto.

O conjunto de obras beneficiará 91 ruas de 16 bairros da cidade que serão contemplados com 28 km de pavimento em asfalto e infraestrutura de drenagem.

Até agora, já foram pavimentados nesta modalidade 77,9 km de ruas, resultado de 332 ações. Em toda capital, os programas de revitalização da malha viária já alcançam 670 km em 1.388 ações.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”