Diego Magalhães Soares Lima, 22 anos, quase foi morto a pancadas, na tarde de sábado. Ele e um comparsa, por volta das 15h30, tentaram assaltar um rapaz, próximo à Ceasa, no Pinheirinho. Testemunhas correram para ajudar a vítima e agarraram Diego, aplicando-lhe violenta surra.

Depois o amarraram com cordas e o fizeram deitar no chão, para aguardar a chegada da polícia. O comparsa dele conseguiu fugir. O ladrão precisou ser levado ao Hospital do Trabalhador para curativos.