Luis Fabiano Machado, conhecido como “Fabinho”, 29 anos, foi assassinado com um tiro na nuca, por volta das 22h de domingo, no Cajuru. O crime foi cometido na travessa G, entre a Rua Leonardo Novicki e o trilho do trem, na Vila São João Del Rey.

A Delegacia de Homicídios não descarta que “Fabinho” tenha sido morto por desavença ligada ao tráfico de drogas. Os investigadores apuraram que ele era dependente químico e, no bolso de sua calça, foram encontrados um cachimbo e pequena porção de maconha.

Sobre a autoria, pouco foi apurado. Testemunhas disseram apenas que viram um veículo passando pela rua, mas não souberam dizer se estava envolvido com o assassinato.

Destino

Moradores da vila se aproximaram para ver quem era a vítima, suspeitando que fosse alguém da família. “Quando ficamos sabendo que mataram alguém, já bate uma ansiedade, pois pode ser aquela pessoa que amamos e que está envolvida com coisa errada”, contou um homem, que pediu para não ser identificado.