Matheus Brizola, assessor do deputado estadual Felipe Francischini (PSL), morreu num acidente de trânsito na manhã desta quarta-feira (23) na Estrada da Ribeira, a BR-476, em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Ele foi ejetado de um Hyundai i30 que dirigia.

A reportagem apurou que Matheus seguia de Bocaiuva do Sul para Curitiba, trajeto que fazia todos os dias. Num trecho da rodovia que é de linha reta, o rapaz acabou se perdendo durante uma ultrapassagem, teria atingido outro veículo, um Ford Focus, e perdeu o controle da direção do carro.

O i30 do rapaz capotou e ele foi ejetado do veículo. O carro, que ficou completamente destruído, foi parar no canteiro da rodovia. Socorristas do Siate chegaram rapidamente ao local para tentar salvar Matheus, mas ele não resistiu.

O corpo do motorista foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fica responsável pela apuração da dinâmica do acidente. A PRF não informou se Matheus usava cinto de segurança ou não. Foi levantada, ainda, a possibilidade de que o dispositivo tenha rompido no momento do acidente.