Na última sexta-feira (19) a Tribuna do Paraná denunciou a agressão de um motorista de aplicativos contra uma senhora motorista de Táxi ocorrida no bairro Batel, um dos mais tradicionais e movimentados de Curitiba. Nesta terça (23), um vídeo que mostra a agressão e confirma toda a denúncia feita pela União dos Taxistas de Curitiba (UTC) foi recebido por nossa equipe. Confira as imagens do momento da briga.

Assista:

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Discussão e agressões

“A taxista encostou ao lado do motorista de aplicativo, que estava parado nas vagas exclusivas para os táxis, e pediu para que ele saísse dali, já que pela lei, eles não podem usar essas vagas. Ele bateram boca e ela encostou o carro mais na frente. Quando ela saiu, o clima esquentou”, disse Paulo Toledo, presidente da UTC.

+ Leia mais: Vídeo! Transtornado e em cima de telhado, policial é contido a tiros na RMC

Quando começaram a discutir fora dos carros, o homem agrediu a taxista. “Eles sempre usam as vagas exclusivas para os táxis e volta e meia dá bate-boca. Mas esse covarde agrediu uma senhora de mais de 50 anos”, disse Toledo. A vítima foi ao 1° Distrito Policial, na Rua André de Barros, para registrar boletim de ocorrência.

Fiscalização

A UTC pede mais rigor ao poder público municipal na fiscalização. Pela lei aprovada pelo prefeito Rafael Greca, os motoristas de aplicativos não podem parar para buscar ou deixar passageiros na área de embarque e desembarque dos taxistas.

“A medida é cobrar do poder público que se cumpra a lei, o decreto do Greca. Os motoristas de aplicativos fazem isso diuturnamente para prejudicar taxistas, que já enfrentam problemas sociais”, concluiu.

PF prende quatro suspeitos de hackear celular de Moro