Usuários do transporte público de Curitiba têm enfrentado dificuldade para realizar a recarga dos cartões transporte no site da URBS, empresa que administra o sistema de ônibus da capital. Na última semana, site fora do ar, chave de PIX que não funciona e problemas no vale-estudante têm sido alguns dos transtornos enfrentados pelos curitibanos. De acordo com a prefeitura, a instabilidade se deve a um ataque hacker, identificado ainda na semana passada.

A família da dona de casa Josiane Vanzim foi uma das atingidas pelo problema. Moradora do bairro Campo de Santana, na região Sul de Curitiba, ela afirmou ao jornal Meio Dia Paraná, da RPC, que a situação tem trazido transtornos para a rotina familiar desde o fim de fevereiro.

+ Leia mais: Vereadores discutem fim da obrigatoriedade das máscaras em Curitiba

“Meu filho precisou ir até o Terminal do Pinheirinho, a meia hora aqui de casa, para realizar a recarga do cartão. Ele fez esse trajeto todo com o dinheiro no bolso, o que acho extremamente perigoso, ainda mais para uma criança”, disse ele ao jornal. “Aqui na nossa região, os ônibus não aceitam dinheiro, só o cartão usuário, então ficamos sem escolha”, lamentou a Josiane, que tentou efetuar o pagamento via chave PIX, sem sucesso.

Agendamentos

Além dos problemas causados na recarga do cartão usuário, os atendimentos presenciais também foram afetados, já que o agendamento é feito também pelo site.

Em nota ao Meio Dia Paraná, a prefeitura de Curitiba afirmou que tem trabalhado para aumentar a segurança do sistema e sugere que, em caso de problemas nos canais virtuais, o usuário encontre a unidade da URBS na Rua da Cidadania mais próxima de sua casa.

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora