A atriz curitibana Guta Stresser contou à revista Veja sobre o medo e a angústia ao descobrir que tem esclerose múltipla, uma doença neurológica crônica e autoimune. A eterna Bebel de “A Grande Família” mudou seus hábitos para auxiliar no tratamento.

LEIA TAMBÉM:

>> Por apenas uma dezena morador de Curitiba não leva R$ 60 milhões

>> Com Marcos Mion, ‘Lightyear’ não adere à neutralização de sotaques, diz diretor

>> Anitta sobre fala de cantora gospel: ‘Não me mande respeitar quem não respeita’

Guta percebeu algo errado quando ensaiava para o quadro “Dança dos Famosos”, e esquecia os passos logo após realizá-los, em 2020. “Não entendia o motivo. Sempre tive facilidade para essas coisas. Mas meu quadro foi se agravando. Comecei a esquecer palavras bem básicas, como copo e cadeira. Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares”, disse na entrevista para a revista.

Depois de exames, veio o diagnóstico da doença. “Perdi o chão na mesma hora. Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante. Tive muito medo. Pela minha cabeça se desenrolava um filme em que eu ficava completamente incapacitada. Passei a ter um pesadelo recorrente: imóvel, sem conseguir falar, tentava avisar meu companheiro”, desabafou.

Tratamento e novos hábitos

Para se tratar, a atriz faz uso de remédio e mudou hábitos de vida, como a alimentação, ioga e tem utilizado de livros à palavras cruzadas para “trabalhar” o cérebro. “Mais recentemente, incluí no tratamento óleo de CBD, um derivado de maconha que é felizmente legalizado e tem se revelado promissor. Depois do diagnóstico, refiz a ressonância magnética e os resultado foram muito bons, indicando um quadro estável”.

Apesar do diagnóstico, parar de atuar não está nos planos de Guta. “Desde os 13 anos, me entendo como atriz. Não posso me render de jeito nenhum. Participei de um dos episódios da série “How to Be a Carioca”, que vai estrear pela Star+, e fiz uma montagem da peça “O Casamento”, de Nelson Rodrigues. Sei que vou ter de conviver com a esclerose múltipla para o resto da vida. Que ela seja longa e plena. Cada dia que passa tem aquele gosto de uma pequena vitória”, completou a curitibana para a revista.

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?