Lançado em Curitiba na última terça-feira (13), o auxílio alimentar de R$ 70 deve beneficiar 35 mil famílias em situação de extrema pobreza, vulnerabilidade e risco social. Com este valor mensal, as famílias beneficiadas poderão fazer compras nos Armazéns da Família, que comercializam gêneros alimentícios e itens de higiene e limpeza 30% mais baratos que no varejo.

LEIA TAMBÉM – Campanha arrecada comida para catadores de papel e recicláveis em Curitiba

Segundo a prefeitura, o auxílio alimentar será dado por três meses e poderá ser estendido por mais 90 dias. Veja abaixo detalhes sobre o programa e como ter acesso ao benefício.

O que é auxílio alimentar de Curitiba?

É um crédito alimentar oferecido pela Prefeitura de Curitiba, no valor mensal de R$ 70, que permite a compra de gêneros alimentícios nos 34 Armazéns da Família para garantir refeições dignas a famílias em situação de vulnerabilidade e risco social da capital.

Quem tem direito a receber o auxílio alimentar?

Famílias em extrema pobreza inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) da Prefeitura.

Quantas famílias são beneficiadas com a auxílio alimentar?

O crédito está sendo oferecido a 35 mil famílias em situação de vulnerabilidade social.

Como posso saber se vou receber o auxílio alimentar de Curitiba?

De acordo com a prefeitura, as equipes dos Cras estão entrando em contato com as famílias. Além disso, informações sobre o auxílio e quem tem direito ao benefício podem ser obtidas na Central de Cadastro dos Armazéns da Família, telefone (41) 3350 3890.

Não estou inscrito no CadÚnico e não sou acompanhado pelo Cras. Posso receber o auxílio?

Caso haja famílias que ainda não fazem parte do CadÚnico, mas precisam do auxilio alimentar, elas devem procurar o Cras da sua região para se inscrever (confira os endereços neste link).

Por quanto tempo o auxílio alimentar será oferecido?

Inicialmente, será oferecido por três meses, mas poderá ser prorrogado por mais 90 dias.

O Cras já me informou que sou beneficiado com o auxílio alimentar. É só ir ao Armazém da Família?

Sim. Basta se diririgir ao Armazém mais próximo de sua residência ou trabalho, levando levando o CPF e um documento com foto.

Preciso fazer cadastro no Armazém da Família?

Não. Quem tiver direito ao benefício será inscrito automaticamente no sistema dos Armazéns da Família, com base na relação encaminhada pela Fundação de Ação Social (FAS) por meio dos Cras.

Posso retirar o auxílio alimentar em qualquer Armazém da Família de Curitiba?

Sim, exceto nas unidades da Região Metropolitana de Curitiba. Confira os endereços dos Armazéns da Família na capital no link.

Quais produtos posso comprar nos Armazéns com o benefício?

Todos os produtos estão liberados. São mais de 300 itens entre gêneros alimentícios e itens de higiene e limpeza.

Qual a validade do benefício?

O auxilio emergencial alimentar de cada mês tem validade de 30 dias após a sua emissão.

Preciso comprar tudo de uma vez só?

Não. A pessoa tem os 30 dias para ir comprando os produtos. Mas se quiser também pode comprar tudo de uma só vez.

Quem pode retirar o auxílio?

O titular e as pessoas informadas pelo Cras. Todos estarão inscritos no sistema do Armazém da Família.

Meu nome não consta como beneficiário, como proceder?

Procure a unidade do Cras mais próxima da sua residência.