O socorro de helicóptero chegou a tempo para transportar a vítima, baleada no Tatuquara, com vida ao hospital. José Teodoro dos Santos, 27 anos, foi alvejado por quatro tiros em frente à sede da igreja Congregação Cristã do Brasil, na Avenida Pero Vaz de Caminha, pouco antes das 9h desta sexta-feira (04).
 
Os tiros foram desferidos por um rapaz de bermuda colorida e moletom verde, que descia a avenida, segundo testemunhas, conversando amigavelmente com a vítima.
 
Perto de uma das pontes de madeira sobre o córrego Santa Rita, os dois iniciaram uma discussão e o colega de José sacou um revólver, atirou varias vezes e atravessou a ponte correndo, para fugir pela Rua Ieda Cristina Ribeiro. Socorrista do Siate foram os primeiros a chegar e prestaram atendimento ao jovem, que agonizava no asfalto.
 
“Ainda estava consciente e falou algumas palavras. Mas como tinha perdido muito sangue, o médico o entubou e sedou para o translado de helicóptero”, comentou o cabo Kanarski do Siate.
 
Pouso e decolagem
 
A aeronave desceu com dificuldade em um pequeno terreno baldio, do outro lado da avenida. O pouso e a decolagem foram assistidos e registrados com câmeras pelos moradores. Muitos ocuparam a via, outros assistiram das janelas dos condomínios.
 
Devido José ser morador do bairro, logo familiares apareceram para acompanhar o salvamento. Ele chegou ao Hospital do Trabalhador minutos depois e passou por uma cirurgia que durou algumas horas. De acordo com os médicos, o jovem segue internado e corre risco de morrer. O motivo dos disparos e a autoria ainda não foram esclarecidos.