Para esquentar o frio, nesta sexta (21) teve Baile da Melhor Idade na regional Bairro Novo. E a  dona Arini Padilha comemorou. Com 77 anos ela e o marido José Cota, 76 anos, aproveitaram a tarde animados. Há 8 meses ela foi atropelada por um carro, quebrou a perna, levou 44 pontos na cabeça e colocou 8 pinos na coluna.

Depois de um longo tempo de recuperação Arini pôde nesta tarde voltar a fazer o que mais gosta. “Eu adoro isso aqui. Não aguentava mais ficar em casa. Hoje eu estou feliz, animada, encontrando amigas. Não dá pra dançar muito, mas devagarinho estamos dançando”, contou. Seu José estava orgulhoso da mulher, ” hoje é um dia de vitória, gosto muito de participar desses eventos da terceira idade. E ter ela aqui comigo é muito bom”, afirmou.

O evento de hoje é o quarto realizado dentro do projeto “Dança Curitiba” realizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e que conta com o apoio da Tribuna do Paraná.

Nesta sexta-feira teve baile, desfile para escolher o rei e a rainha da melhor idade, bingo e sorteio de brindes. O ginásio do Centro de Esporte e Lazer Xapinhal ficou lotado. Seu Joaquim Monteiro, 87 anos, não parou de dançar. “Eu danço com todo mundo, hoje o que eu mais gosto de fazer é dançar. Que bom que tem o evento como esse porque quando não estou aqui com meus amigos acabo ficando em casa, e estar aqui é sempre melhor”, afirmou.

A intenção da ação é promover interação, lazer e muita diversão para a terceira idade. O Baile da Melhor Idade está acontecendo sempre às sextas-feiras nas regionais de Curitiba, mais cinco ainda devem receber o evento. Ao final de todos os eventos haverá uma grande final de reis e rainhas. Os vencedores serão eleitos o casal da melhor idade e ganharão prêmios.