Dois assaltantes que tentaram roubar uma loja de roupas, na tarde de ontem, no Cajuru, fugiram pelos fundos do estabelecimento, pulando muros de residências e foram cair justamente na casa de um policial militar. Ele reagiu e atirou no bandido que fez seu filho refém. O outro assaltante, um adolescente de 17 anos, se rendeu. Um comparsa da dupla, que dava cobertura num Uno, conseguiu fugir no carro e era procurado pela polícia.

O assalto aconteceu por volta das 16 horas, na Rua Luiz Carlos Dorecki, Jardim Acrópole. O irmão da dona da loja contou que dois bandidos invadiram o estabelecimento e renderam a proprietária e uma cliente. A dona da loja foi trancada no banheiro e a cliente obrigada a deitar-se no chão. Os bandidos recolhiam peças de vestuário, tendo reunido 30 peças em cabides em cima do balcão, quando um vizinho percebeu que o comércio estava sendo assaltado. O vizinho que mora em frente à loja já havia sido roubado pelos mesmos bandidos na semana passada, segundo contou a testemunha. A ação, inclusive, foi filmada por uma câmera de segurança instalada na casa.

Ao ver os marginais, o morador começou a gritar chamando a atenção da vizinhança. Os bandidos, então, desistiram do assalto e fugiram pelos fundos da loja. Eles pularam os muros de duas casas, até cair na residência do policial militar. De acordo com o aspirante Kops, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, o filho estava na casa e foi rendido pelo marginal, que não portava documentos. O PM atirou e matou o bandido, que portava um revólver calibre 38. Ao perceber que teria o mesmo destino, o comparsa se entregou à polícia e seria levado à Delegacia do Adolescente.