Um jovem de apenas 21 anos acabou morrendo nesta quinta-feira (4) enquanto nadava em uma pedreira desativada, no limite dos bairros São Braz e Orleans, em Curitiba. De acordo com testemunhas, o rapaz estava acompanhado de alguns amigos quando começou a se afogar.  O corpo foi encontrado pelo Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost) após duas horas de trabalho.

“Encontramos o corpo 15 metros abaixo e depois de duas horas. Infelizmente não dava pra fazer mais nada e, apesar disso, foi fácil localizar o corpo por conta das pessoas que estavam com ele no local” contou o sargento Wagner, do Corpo de Bombeiros.

Leia também: Calor aumenta a procura por mergulhos em cavas, mas diversão pode virar tragédia

Em 2014, duas irmãs morreram afogadas no mesmo local. Elizaine Cristina dos Santos Borges, 18 anos, e Erika Fernanda dos Santos Borges, 16 anos, saíram de Campo Magro, onde moravam, para aproveitar o dia de sol na pedreira. De acordo com a PM, uma delas começou a se afogar, e a outra pulou na água para ajudar.

Rapaz de 21 anos desaparece durante mergulho em cava no Orleans. Foto: Colaboração
Rapaz de 21 anos morre durante mergulho em cava no Orleans. Foto: Colaboração