Um buraco no asfalto entre as ruas Comendador Roseira e João Negrão, no Prado Velho, em Curitiba, tem incomodado motoristas e comerciantes da região. Eles dizem que o problema é rotineiro, por mais que se façam obras de reparos. Nesta segunda-feira (21), a profundidade assustou e um dos comerciantes se obrigou a colocar um galho de árvore para demarcar o local, para evitar acidentes. Também há por ali um cone com a marca da Sanepar, embora a responsabilidade pela manutenção seja da prefeitura de Curitiba. O problema se torna pior à noite.

+ Leia mais: Novos voos saindo do Afonso Pena começam a operar nesta terça; veja os destinos!

Segundo o comerciante Moacir Piovezan, 60 anos, o buraco já recebeu consertos, mas ele volta a se abrir. “Eles até já realizaram trabalho com máquinas, escavam, tapam, mas o problema volta. Isso aí é um perigo”, afirmou. Ele ainda conta que viu equipes analisando o problema nesta semana. “Mas ninguém falou nada se iriam ou não consertar. Nem quando poderia sair o conserto. Só que o trabalho precisa ser bem feito, senão vai abrir de novo”, disse.

Motoristas precisam desviar para evitar acidentes. Foto: Atila Alberti/Tribuna do Paraná.
Motoristas precisam desviar para evitar acidentes. Foto: Atila Alberti/Tribuna do Paraná.

A reportagem flagrou o movimento na esquina das ruas Comendador Roseira e João Negrão. Os motoristas que precisam entrar à direita precisam fazer um balão maior, tomando quase a pista no sentido contrário. Os motoqueiros são os que mais se arriscam. Na tarde desta segunda-feira, eles optavam por passar entre o cone e o meio-fio. “À noite, com o local mal sinalizado, o risco de acidente só aumenta. Tem que fechar isso o quanto antes”, apontou Moacir Piovezan.

+Leia também: Sede do Governo do Paraná vai ser transferida para o interior, por decisão de Ratinho

Procurada por causa da marca no cone que sinalizava o buraco, a Sanepar informou que a manutenção de bueiros é de responsabilidade da prefeitura. Em nota, a equipe de engenharia do Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria Municipal de Obras Públicas de Curitiba disse que fará, ainda nesta segunda-feira, uma vistoria no local e irá programar o conserto do dano causado possivelmente por uma erosão na galeria de águas pluviais.

Trio é preso com esquema para roubar senhas em caixas eletrônicos de shopping