Socorristas do Samu foram surpreendidos com um atendimento diferente na tarde de segunda-feira (6) no bairro Campo de Santana, em Curitiba. Dois cachorros de um morador de rua mostraram fidelidade ao dono, chegaram a subir na maca e a embarcar na ambulância para acompanhá-lo até à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tatuquara. O que surpreendeu os socorristas é que mesmo impedidos de seguirem na ambulância, os dois animais foram sozinhos até a UPA para não abandonar o dono.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Os cães correram 13 quadras, cerca de dois quilômetros, atrás da ambulância até a UPA. “O senhor que foi atendido está sempre por aqui e não se separa dos cachorros. Eles são muito fiéis a ele, não deixam a gente chegar perto com medo que façam algo contra o dono”, contou a atendente Franciele de Jesus que estava no local na hora do atendimento.

O morador de rua dorme pela região há mais de seis meses e um dos cachorros, de pelo escuro, está com ele desde que chegou por lá.

Em casos como esse, de cachorros que acompanham moradores de rua no atendimento médico em UPAs, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente é chamada para tomar os devidos cuidados com o animal.

Os animais já não estão mais na frente da UPA do Tatuquara. O paciente já teve alta.

Tartarugas hi-tech são instaladas em rua de Curitiba