A natureza trouxe uma boa notícia a Curitiba no meio da pandemia do coronavírus. Um cágado fêmea fez um ninho e depositou ovos em uma cancha de areia no Parque Barigui na tarde de sexta-feira (1.°). O réptil, da espécie cágado-rajado, não tinha registro em Curitiba desde 2018 e está ameaçado de extinção no Paraná.

O local escolhido pela mamãe cágado a atenção de biólogos, já que o animal vive em rios, como na bacia do Iguaçu. A data também intriga: normalmente, a espécie bota ovos entre outubro e novembro.

LEIA MAIS – Pescador doa toneladas de peixes a pessoas carentes durante pandemia em Paranaguá

Para preservar os ovos, o ninho foi isolado pela Guarda Municipal. O Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna da prefeitura vai monitorar o ninho até a eclosão dos ovos. “Provavelmente seja um cágado rajado, da espécie Phrynops williamsi, animal raro, difícil de encontrar”, diz o diretor do departamento, Edson Evaristo, que avaliou as imagens do animal.

Também chamado de cágado-de-ferradura, o animal é uma das quatro espécies de quelônios de água doce nativos do Paraná, considerado ameaçado de extinção no estado em função dos impactos ambientais em rios.

Em sua conta no Facebook, o prefeito Rafael Greca comemorou este presente da natureza e pediu para que ninguém mexa no ninho. “Precisamos que não haja interferências no processo natural de desenvolvimento dos ovos. Deixem em paz os animais, que façam seus ninhos nas nossas areias. Toda vida é sagrada”, afirma o prefeito.

Não vá ao Barigui

Além da preservação dos ovos de cágado, Greca também reforçou o pedido para que as pessoas evitem ir não só ao Barigui como a qualquer local que cause aglomerações durante a pandemia.

VIU ESSA? – Banda da PM emociona curitibanos em quarentena e pacientes do Pequeno Príncipe

Além de bloquear os estacionamentos dos parques no mês passado, a prefeitura reforçou neste feriado a fiscalização de trânsito nas ruas no entorno do Barigui para multar motoristas que estacionam irregularmente.

O prefeito reforçou, que, além do cuidado com os ovos do cágado fêmea, as pessoas não devem ir ao Barigui para evitar aglomerações que facilitam o contágio do coronavírus.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?