Cassado no dia 22 de junho por quebra do decoro parlamentar, o vereador Renato Freitas (PT) voltará a assumir o cargo nesta quinta-feira (7), segundo informações da Câmara Municipal de Curitiba. Com isso, Ana Júlia Ribeiro, que havia tomado posse em seu lugar no início da semana, volta a ser a suplente imediata do partido. As mudanças decorrem da decisão da desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), em liminar em agravo de instrumento favorável ao parlamentar.

A magistrada acatou a argumentação da defesa de Freitas de que a Casa não respeitou os prazos legais para a realização da Sessão Especial de Julgamento do Processo Ético Disciplinar (PED) 1/2022, que determinou a punição ao vereador petista. Ele foi condenado por quebra do decoro por perturbação de culto religioso e realização de manifestação política no interior de templo religioso. Os atos teriam ocorrido durante protesto contra o racismo na Igreja do Rosário, no Centro Histórico de Curitiba, no dia 5 de fevereiro.

LEIA MAIS:

>> Internet 100 vezes mais rápida: 5G em Curitiba já tem data pra começar

>> Guarda Municipal prende taradão de ônibus de Curitiba e descobre fato chocante

De acordo com a Câmara Municipal, uma nova Sessão Especial será convocada para julgar o vereador. “Será em dois turnos e acontecerá em agosto, ofertando assim, mais prazo para que a parte possa se preparar para a defesa em plenário”, explica, em nota, a Mesa Diretora da Casa. Em sua manifestação, ela diz ainda que optou por esse caminho com o “intuito preservar a segurança jurídica de suas decisões e também o melhor atendimento do interesse público”, mesmo estando “convicta de que cumpriu com todos os requisitos regimentais pertinentes ao caso”.

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?