As 126.481 doses da vacina da Covonarac que estarão chegando nesta segunda-feira (18), em Curitiba, estão vindo de Guarulhos, na Grande São Paulo. A previsão da chegada da vacina em Curitiba, segundo a Infraero, é para às 18h40. Quanto ao início da vacinação, o prefeito Rafael Greca cravou a quarta-feira (20). No entanto, o Ministério da Saúde liberou aos municípios a possibilidade de antecipar a imunização.

O governador Ratinho Junior acompanhou a cerimônia em Guarulhos que marcou o início do envio das 6 milhões de doses da Coronavac. “Viemos buscar as primeiras doses da vacina para o nosso Paraná. Estamos preparados para iniciar a vacinação. Caminhões e aeronaves prontos para levar a vacina para todos os municípios paranaenses”, escreveu em suas redes sociais o governador.

Os caminhões baús refrigerados têm capacidade de transportar aproximadamente 228 mil frascos do imunizante. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), esses veículos costumam transportar por mês de 600 mil a 1 milhão de doses de vacinas para outras doenças. Outros nove caminhões estão à disposição para o carregamento da chamada carga seca, formada por luvas, seringas, agulhas, máscaras, aventais e outros itens. Cinco são da Secretaria da Saúde e quatro da Defesa Civil do Paraná. Cada veículo consegue transportar 18 toneladas de material. O deslocamento deste material para as 22 Regionais de Saúde começou nesta sexta-feira (15) e deixaram Curitiba no sábado (16).

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ratinho Junior (@ratinho_junior)

Centro de distribuição

Estão concentrados em dois pontos de Curitiba os materiais para a campanha de vacinação contra a covid-19. O Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), para vacinas e carga seca, e o Ginásio de Esportes do Tarumã, apenas para carga seca.

A estrutura paranaense conta ainda com 21 câmaras frias já adquiridas e outras 180 em processo de aquisição. O Estado dispõe também de freezers para produção de gelo, equipamentos de ar-condicionado, contêineres refrigerados de 40 pés para armazenamento de 100 mil doses de vacinas.