Você conhece o Flocos?  Possivelmente não, mas ele tem causado dores de cabeça e prejuízos para alguns lojistas em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. Não é nenhum bandido, longe disso, mas o Flocos é um cachorro que costuma entrar em comércios e tem adoração por espuma e plástico. Sem muito o que fazer, destrói tudo o que aparece ser convidativo. Em uma das suas visitas, ele mordeu bancos de ônibus, fiação elétrica, cortina e volante de ônibus.

O Flocos é um vira-lata do estilo caramelo, um patrimônio cultural brasileiro. Acostumado a ficar perambulando com liberdade no bairro Tietê e receber carinho das pessoas, ele tem uma vida de tranquilidade. No entanto, no dia 15 de janeiro, uma forte chuva acabou levando o bichinho para dentro da loja AVS Tacógrafos. O Altielis Vivaldi da Silva, 35 anos, é o proprietário do estabelecimento que naquele dia iria receber a inusitada visita do Flocos. “Trabalhamos de segunda a sexta, e no sábado fomos entregar um serviço. Estava chovendo no dia e o cachorro entrou na loja para se esconder e não vimos. Choveu granizo, caiu a internet da loja e não consegui ver de casa o que acontecia lá dentro. Não tocou alarme e o segurança que passa na frente não viu nada”, disse Altielis, que passou o fim de semana de boas.

LEIA TAMBÉM:

>> Alagada, Guaraqueçaba tem única rodovia bloqueada por deslizamento de terra

>> Médica é agredida com chutes e socos por família de paciente em UPA de Curitiba

Na segunda-feira (17), um funcionário chegou cedo na loja para dar início ao trabalho. Ao abrir a porta, viu todo o estrago e pensou que um ladrão tivesse entrado no estabelecimento. (veja imagens abaixo)

Tudo estava revirado e fora do lugar, com buracos e papel por todos os lados. Entrou em contato com o Altielis e informou do problema. O proprietário em poucos minutos chegou na loja que fica na Rodovia do Xisto e foram em busca de respostas. “Começamos a tirar tudo, até que visualizei um pedaço de rabo pela janela de um ônibus que estava na loja para fazermos o serviço elétrico e tacógrafo. Quando entramos no ônibus, ele fugiu de medo”, relata o dono da AVS Tacógrafos.

Bancos destruídos e volante mordido

Ao perceber que não era ladrão, Altielis ficou mais tranquilo. Apesar disso, a cada olhar era só prejuízo. No ônibus, oito bancos destruídos, um volante mordido e borrachas das portas arrebentados. O banco do motorista que costuma ser mais resistente não foi páreo para o Flocos. “No ônibus, ele ficou à vontade. Ao comer o banco do motorista, ele bateu na alavanca e fechou as portas. Antes disso, ele passou antes pelo computador, arrebentou o teclado e o mouse, as cortinas e persianas foram parar no chão. Um prejuízo de R$ 8 mil, fora as notas de entrada e saída que estão rasgadas. Tive que ligar para todos os motoristas para tentar receber pelos serviços”, confidenciou o comerciante.

Altielis acionou o seguro da loja, mas está com dificuldades em receber pelos prejuízos. No contrato, não prevê que esse tipo de invasão possa ocorrer. “Acionei o seguro e estamos com um impasse. Claro que não vai ter no contrato essa situação, mas o cachorro é de rua. A gente dava comida para ele e já comeu espuma de outra loja depois. A partir desses acontecimentos, fazemos uma ronda antes de ir embora. Ele é bem quisto por todos, mas agora estamos atento”, afirmou a principal vítima do Flocos.

E você, quer adotar o Flocos para a sua casa? Adote, porque o amor não tem preço e nem raça.

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix