Curitibanos e turistas que visitam o Parque Barigui, em Curitiba, estão curtindo as capivarinhas bebês que nasceram recentemente no parque, um dos mais visitados de Curitiba. O mamífero roedor já virou um símbolo de Curitiba e agora, na versão bebê, ganha ainda mais carinho de quem passa pelo local.

Na manhã desta quarta-feira (23), um grupo foi flagrado no parque. Os filhotes são de uma tonalidade mais cinzenta que os animais adultos e estavam aproveitando o sol da manhã para se alimentar e dar um mergulho no lago do parque.

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná.

A prefeitura de Curitiba orienta que os frequentadores do parque respeitem o espaço dos animais. Por mais dóceis que eles pareçam, são silvestres, o que torna impossível prever sua reação com a aproximação e o contato humano.

“É muito mais seguro que elas sejam observadas de longe, com respeito ao seu espaço”, orienta o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. “Os machos dominantes, especialmente, são mais agressivos e as fêmeas podem atacar devido à presença de filhotes, ou melhor, para defender-se”, ressaltou o especialista.

As capivaras já aprontaram algumas em Curitiba. Em 2018, uma capivara invadiu um restaurante bagunçou o local. Já em 2019 uma capivara perdida vira ‘minicelebridade’ e ganhou ‘segurança particular’ em Curitiba.