O trânsito em diversas ruas da cidade deve ficar mais intenso na tarde deste sábado (15) em decorrência da Marcha para Jesus, que neste ano foi adaptada para o formato de carreata por conta da pandemia de covid-19. A concentração será no Parque São José dos Pinhais a partir das 14 horas. A carreata está prevista para começar às 14h30. 

Do parque, os participantes seguem de carro pelas ruas Joaquim Nabuco, Arlindo João da Costa, Holanda, Pérola do Oeste, Avenida das Torres, Comendador Franco, Dário Lopes, Hildebrando de Araújo, Leão Sounis, Omar Sabbag, Ubaldino do Amaral, Sete de Abril, Alberto Bolliger, Augusto Severo, Augusto Stresser, Nicolau Maeder, Comendador Fontana e Cândido de Abreu. A carreata se encerra na Rua Ernani Santiago de Oliveira, ao lado da rotatória da Prefeitura.

LEIA TAMBÉM:

>> Cachorro foge de clínica veterinária em Curitiba. Viu o Ruffos por aí?

>> Prisões de motoristas que dirigem embriagados aumentam em Curitiba

O trajeto será acompanhado e organizado por agentes da Superintendência de Trânsito (Setran) e por guardas municipais, que fizeram os preparativos necessários durante a manhã desta sexta-feira (14).

Previamente, foram organizadas três reuniões com representantes da Marcha para Jesus para que o evento ocorra de forma tranquila. Na ocasião, a Setran orientou para que não haja a participação de ciclistas na Marcha, para evitar problemas de segurança viária.  

26ª edição

O tradicional evento gospel que reúne todas as denominações e comunidades evangélicas de Curitiba e região metropolitana chega à 26ª edição neste ano. A alternativa segura proposta agora, para se evitar aglomerações, foi apresentada ao prefeito Rafael Greca pelo bispo e presidente do Conselho de Ministros Evangélicos do Paraná, Antonio Cirino Ferro, nesta semana.

Durante o percurso, a rádio Sara Brasil FM (107,5) transmitirá mensagens e orações dos organizadores ao público. Também haverá arrecadação de cestas básicas para doar às famílias de risco social do Paraná.

A celebração tem a organização do Conselho de Ministros Evangélicos do Paraná (Comep).