Durante uma ação de rotina, agentes da Superintendência de Trânsito (Setran) apreenderam, nesta segunda-feira (27), um veículo Cruze, ano 2013, com mais de R$ 70 mil em dívidas, valor mais alto que o preço do carro, que custa em média R$ 48 mil a versão completa.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Ao abordar o motorista, na Rua Padre Agostinho, nas Mercês, para verificar os documentos do carro, os agentes constataram que o veículo soma R$ 63.535,29 em multas, além de estar com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasado em R$ 13.488,33.

 

Somando mais a Taxa de Licenciamento (R$ 432,50) e o Seguro Obrigatório (R$ 61,93), o valor dos débitos chega a um total de R$ 77.518,05. Após constatar as irregularidades, os agentes acionaram o guincho que removeu o veículo até o pátio da Setran.

“Agora o motorista vai ter que pagar todas as dívidas para retirar o carro do pátio. Circular com veículos em desacordo com a legislação é crime e pode colocar a vida dos outros em perigo”, explicou o diretor de Fiscalização da Setran, Wagnelson de Oliveira.

+Leia também: Adolescente fica ferida em primeiro acidente com patinete compartilhada em Curitiba

Estatísticas

Do início do ano até agora, o serviço de guincho da Setran já removeu 1.865 veículos irregulares das ruas – 1.706 em blitze, segundo informações da prefeitura de Curitiba. Desde março de 2018, quando o serviço voltou a operar, foram feitas 4.654 remoções.

Lojistas do Shopping Curitiba vão vender produtos sem valor do imposto