O feriado de Nossa Senhora Aparecida parece ter começado quente para o Corpo de Bombeiros de Curitiba. No início da tarde desta terça-feira (12), um carro pegou fogo no Prado Velho, nas proximidades das Ruas Josefina Zanier e Baltazar Carrasco dos Reis. E a poucos metros do local, ainda pela manhã desta terça, por volta das 11h, um outro veículo foi encontrado alvejado com vários disparos de arma de fogo.

Não havia ninguém dentro de nenhum dos dois carros.

+ Leia mais: Câmeras de segurança filmam assalto à padaria na região de Curitiba

Segundo o tenente Esmanhotto, dos Bombeiros, ainda não há como saber se o incêndio desta tarde, em um Fiat Uno, foi criminoso ou se tem relação com o caso do outro carro encontrado destruído por tiros na mesma região. “Entrou para nós a ocorrência de incêndio em veículo, porém não foi constatado no local um proprietário, somente o veículo tomado pelas chamas. Realizamos o combate e, a princípio, não há nem para quem entregar o veículo no local”, destacou o tenente.

+ Veja mais: Padarias de Curitiba vendem pão sem imposto nesta quinta (14); veja onde comprar

Esmanhotto ainda explicou que a Polícia Militar (PM) foi acionada para assumir a ocorrência. “Para nós, não conseguimos apurar o motivo do incêndio e fica difícil apurar o motivo do carro estar estacionado neste local. As equipes da PM darão andamento à ocorrência e seus devidos procedimentos”, disse.

Foto: Corpo de Bombeiros

Carro destruído por disparos

O caso do veículo encontrado com vários disparos também deverá ser investigado. As apurações, até o momento, apenas destacam que não havia ninguém dentro do carro na hora dos tiros. O calibre dos cartuchos, segundo a PM, eram de 9 mm. Até uma cadeirinha de criança ficou cravejada pelas balas. O carro, um Ford Escort, seria de um trabalhador da área de recicláveis.