A fiscalização de trânsito no entorno do Parque Barigui vai ser reforçada como parte das ações da prefeitura para evitar aglomerações na pandemia do coronavírus. Após os estacionamentos do parque serem bloqueados no fim de março como forma de tentar evitar aglomerações, muitos motoristas passaram a estacionar de forma irregular seus carros em locais proibidos nas ruas em volta do Barigui. Desde a chegada do coronavírus a Curitiba, o maior parque da cidade vem sendo um dos locais com mais reclamações de aglomerações pela Central 156.

A Superintendência de Trânsito (Setran) vai instalar mais placas de proibido estacionar nas ruas em volta do Barigui. Além disso, equipes da Setran e da Guarda Municipal vão reforçar a fiscalização, com aplicação de multas. A intensificação na fiscalização começa no próximo fim de semana.

VOCÊ PODE AJUDAR – colabore com a Tribuna para poder manter você informado na pandemia do coronavírus

No último domingo (26), Curitiba registrou diversas aglomerações, principalmente no gramado e nos bares pertos do Museu Oscar Niemeyer (MON), no Centro Cívico, e em um feirão de móveis em uma loja no Novo Mundo. Isso levou a prefeitura a fechar um bar no bairro Juvevê e uma casa de câmbio no Centro, justamente por formação de aglomerações.Por isso, a prefeitura de Curitiba reforçou a fiscalização no comércio e até fechou dois estabelecimentos no último final de semana por descumprirem as regras de distanciamento por conta da pandemia do coronavírus.

LEIA MAIS – Prefeitura fecha bar, casa de câmbio e notifica loja por causarem aglomeração

Bronca

Segunda-feira (27), o prefeito Rafael Greca (DEM) e a a secretária municipal da Saúde Márcia Huçulak deram bronca em quem desrespeita as medidas preventivas da covid-19. “Não estamos vivendo um período de férias ao sol, nem de lazer prolongado. Estamos vivendo uma prolongada estiagem e um tempo de pandemia. Estamos com grave dificuldade”, chamou a atenção da população o prefeito Rafael Greca ao anunciar o boletim do coronavírus segunda-feira (27).