Nesse mês de setembro, a icônica Rua 24 horas, completa 30 anos. Inaugurada no dia 12 de setembro de 1991, pelo ex-prefeito Jaime Lerner, ficou famosa por seu caráter inovador à época. Foi a primeira rua do Brasil com a característica de manter os estabelecimentos abertos dia e noite. Hoje, o local, que conecta as ruas Visconde de Nácar e Visconde do Rio Branco, funciona das 9h às 23h e é um ponto de encontro dos moradores, além de um dos cartões-postais da cidade.

LEIA TAMBÉM:

> Ipês amarelos colorem Curitiba! Cinco locais para curtir e fotografar a florada

Mercadorama do Jardim das Américas será o primeiro Nacional de Curitiba

Curitiba e região metropolitana podem ter 6ª barragem para captação de água

No aniversário de 20 anos, em 2011, o espaço passou por uma revitalização, mas manteve os elementos arquitetônicos. O projeto original foi assinado por Abrão Assad, Célia Bim e Simone Soares, e tem como principal característica sua estrutura formada por 32 arcos de material metálico tubular, brancos, revestidos por vidro. Além disso, destacam-se os dois grandes relógios nas entradas, que marcam as horas em 24 intervalos, ao invés de 12.

“A Rua 24 horas é um marco da inovação curitibana. Com tanto tempo de atividade, passou por várias fases, mas ainda hoje atrai turistas e curitibanos para um espaço de convívio social e urbano que toda boa cidade precisa ter”, diz o prefeito Rafael Greca.

Para marcar as comemoração, no último fim de semana (11 e 12/09) o local recebeu uma apresentação da banda Lyra curitibana. Além disso, foram distribuídas 30 mudas de árvores nativas, uma para cada ano completado.

Web Stories

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz vai saber dizer!

Malhação Sonhos

Nat impede que Duca enfrente Lobão

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba