O casal dentro de um Citroën C4, parado perto da esquina das ruas Betonex e Júri Danilenko, no Guarituba, Piraquara, não conseguiu esconder o nervosismo. Era noite de domingo e uma equipe de policiais do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) parou para abordá-los. Na revista do automóvel, encontraram uma pistola calibre 40. Ezequiel Rissato Ribeiro, 36, que estava ao volante, foi preso em flagrante.

Na casa dele, os policiais encontraram uma espingarda calibre 36 e outra de pressão. Ele e a companheira informaram aos policiais que guardavam outra arma no mercado onde são gerentes, localizado no mesmo terreno da casa deles. Os policiais foram até lá e apreenderam um revólver 38.

Cozinha

De volta à residência, na cozinha, encontraram mais 76 munições, de calibres diversos, alguns de fuzil 762, de uso exclusivo das Forças armadas. Segundo os PMs, Ezequiel alegou que a pistola calibre 40 foi comprada no Paraná, há três anos. As espingardas foram trazidas do Mato Grosso, onde ele morava anteriormente. Mesmo tentando se justificar, ele ficou detido na delegacia, autuado por posse ilegal de arma de fogo. A mulher foi liberada.