Com 10.940 casos ativos registrados nesta terça-feira (22), Curitiba volta ao índice de um mês atrás. A capital chegou a registrar 14.077 casos ativos no dia 9 de dezembro – desde então, o maior número de ativos desde o início da pandemia.

Além da diminuição gradual de casos ativos, a capital também vem registrando um menor número de novos casos de covid-19. Nesta terça, a Secretaria Municipal de Saúde contabilizou 821 novos casos.

LEIA TAMBÉM Crianças e pandemia: Quais impactos o distanciamento social pode trazer?

Já em relação ao número de novas mortes, o índice continua alto. Mais 21 óbitos foram registrados de infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da secretaria. 15 dessas mortes ocorreram nas últimas 48 horas.

As novas vítimas são 13 homens e oito mulheres, com idades entre 50 e 85 anos. Todos apresentavam fatores de risco para complicações da doença e estavam internados.

Nesta terça-feira, a taxa de ocupação dos 374 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 88%. No momento restam 44 leitos livres. Até agora são 2.112 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 104.746 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 91.694 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Números totais

Confirmados – 104.746
Casos Ativos – 10.940
Recuperados – 91.694
Óbitos – 2.112