Acontece em Curitiba neste sábado (15) uma ação conjunta promovida pelas igrejas Católica e Evangélica para combater o aborto. Batizada de “Manifestação pela vida”, o evento promete reunir fieis de mais de 700 igrejas da capital e Região Metropolitana em frente ao Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná, às 14 horas.

A manifestação visa chamar a atenção sobre o processo que discute a liberação do aborto voluntário para grávidas com até 12 semanas de gestação. A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 442) aguarda votação no Supremo Tribunal Federal (STF).

“O objetivo é apresentar para todo o Brasil que não somos a favor da descriminalização do aborto e influenciar o restante do país para outras mobilizações. Não é uma mobilização apenas religiosa, mas também cidadã”, diz o Pastor Cicero Bezerra, Doutor e professor de Teologia, que integra o Conselho de Ministros Evangélicos do Estado do Paraná (COMEP).

O arcebispo da Igreja Católica de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo, contesta os argumentos dos defensores da liberação do aborto. “Questão de saúde pública? Esse argumento é uma ofensa porque se tem valores para custear aborto legal, deveria ser usado para proteção da mulher”, questionou

O arcebispo ressalta que, além do entendimento religioso, aspectos biológicos e científicos apontam que a vida começa na concepção e, portanto, autorizar o aborto seria liberar um crime de morte.

Serviço

Manifestação pela Vida: Pelo Direito de Nascer

Data: Sábado (15), das 14h às 17h.

Local: Praça Nossa Senhora de Salete – Centro Cívico

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Liberdade de Beto Richa pode cair nas mãos de Gilmar Mendes