As medidas de isolamento social para prevenir a disseminação do novo coronavírus alterou a programação de Páscoa no Santuário da Nossa Senhora do Guadalupe e Jesus das Santas Chagas, no Centro de Curitiba. As celebrações da Tríduo Pascal, os últimos três dias da Semana Santa, serão transmitidas pela rádio e TV Evangelizar e pelo YouTube. Como forma de evitar aglomerações, a Arquidiocese de Curitiba suspendeu a presença de público nas celebrações até o dia 19 de março.

Por causa das medidas de distanciamento social, o pároco reitor Reginaldo Manzotti disse que precisou reformular as celebrações de acordo com as orientações da Arquidiocese, para que o público continue participando das celebrações mesmo de casa. Reformulamos nossa programação e liberamos a transmissão para as redes sociais, YouTube e também pelo aplicativo da Associação Evangelizar é Preciso”, comenta o sacerdote.

LEIA TAMBÉMVenda de peixes para a Semana Santa tem queda de até 70% em Curitiba

A celebração da Última Ceia, por exemplo, que acontece na quinta-feira Santa às 19 horas, não vai contar com o tradicional lava-pés e procissão do Santíssimo Sacramento. Na sexta-feira Santa, às 15 horas, haverá a narração da Paixão e Adoração da Cruz, sem a realização da via sacra e procissão do Jesus morto. Outra alteração feita pelo padre foi a inclusão de uma oração especial da arquidiocese pelos doentes no momento da Oração Universal.

No Sábado Santo, a Vigília Pascal será celebrada dentro do santuário, sem a benção do “fogo novo” e a procissão de entrada, a partir das 19 horas. No domingo de Páscoa, a celebração acontece às 18 horas e será presidida pelo arcebispo de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo, com transmissão pela TV e Rádio Evangelizar, mais redes sociais.

Drive Thru para comunhão

Por causa do risco de transmissão da doença, a Páscoa desse ano vai contar com drive thru para distribuição da comunhão. O momento da eucaristia acontece das 9 horas ao meio-dia de domingo, no Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, no Centro. A orientação é para que as pessoas permaneçam dentro dos carros, com proteção especial aos idosos.

A cerimônia da eucaristia vai seguir todas as recomendações sanitárias, com o uso de luvas, máscaras e álcool gel. Para o padre Reginaldo Manzotti, as medidas priorizam a saúde dos fiéis. “Sabemos que é a celebração mais aguardada por grande maioria, mas precisamos respeitar as recomendações dos órgãos públicos. Hoje, ficar em casa é o maior ato de amor e carinho ao próximo que podemos demonstrar”, ressalta o padre.